COMO FAZER COMPRAS NO PARAGUAI
4.8 (95%) 4

6 Dicas de Ouro para realizar Compras no Paraguai com Segurança

Quem nunca sonhou em fazer compras no Paraguai? Há muito tempo milhões de brasileiros vão e vem do Paraguai com a intenção de comprar produtos de diversos setores com preços mais baixos. Neste artigo vamos abordar dicas de ouro para comprar no Paraguai com segurança e os principais cuidados que precisam ser tomados na fronteira.

O primeiro passo que precisamos entender é que no Paraguai tem leis bem diferentes do Brasil e provavelmente a primeira impressão é referente aos policiais que transitam pelas ruas com armas pesadas. Isso causa um certo pânico para quem não está acostumado. Na verdade, quem estaria? Mas, é algo comum lá. Outro fator são os golpes e a falta de leis de defesa ao consumidor. Portanto, estarei listando abaixo 6 dicas de Ouro para realizar compras no Paraguai com segurança:

Veja também!

 

DICA OURO #1 – COMO IR AO PARAGUAI

Basicamente existem 2 cidades que são mais procuradas para realizar as compras: Ciudad del Este (fronteira com Foz de Iguaçu – PR) e Pedro Juan Caballero (fronteira com Ponta Porã – MS). Em ambas as cidades existem fiscalizações com Aduana Brasileira, lembrando que não há necessidade de visto de entrada caso a permanência não exceda 90 dias. Muitas pessoas vão de ônibus, e nesse caso, sugiro buscar agências de viagem já consolidadas no mercado, não caia no erro de ir com ônibus clandestinos pelo fato de oferecerem um custo mais baixo, infelizmente existem vários mecanismos de golpes e o barato pode sair caro. Caso você opte por ir de carro, tenha em mente que as vagas são complicadas sem falar do trânsito principalmente em Ciudad del Este, neste caso é interessante deixar o carro em Foz do Iguaçu em algum hotel. Agora, se você preferir ir para Pedro Juan, é possível utilizar o estacionamento do Shopping China que fica logo no início da entrada da cidade.

Vale ressaltar que há períodos onde a Policia Federal intensifica as fiscalizações nas rodovias, principalmente no estado do Mato Grosso do Sul, então é importante verificar as notícias para evitar trânsito e paradas desnecessárias.

DICA OURO #2 – OS PERIGOS NO MOMENTO DAS COMPRAS

Como em qualquer lugar de grande circulação de pessoas e lojas todo cuidado é pouco. No caso do Paraguai, redobre a atenção. Existem muitos picaretas oferecendo produtos falsificados nas ruas com preços extremamente atrativos e também lojas com diferenças de preços absurdos. É possível encontrar bons preços, mas você perceberá que uma filmadora é cotada por U$ 300 (trezentos dólares) e outra por U$ 100 (cem dólares). Então, não se deixe levar apenas pelo preço, pesquise e avalie com calma ao comprar sua mercadoria. Tome cuidado também com vendedores que não têm os produtos no momento da venda e que aparentemente solicitam de outra loja, geralmente algo está errado.

Outra preocupação são os produtos “refurbished” que significa recondicionados, e que de forma geral são os eletrônicos. Quando uma fábrica identifica qualquer defeito de fabricação, por exemplo uma tecla do teclado de um notebook, então, o produto retorna à fábrica para realizar o concerto e recebe um selo que foi recondicionado. O que acontece é que esse produto não pode mais ser vendido como novo e por conta disso o valor pode cair cerca de 15% a 30%. Agora, o problema é que as lojas se aproveitam desses preços baixos, mas repassam os valores como se os produtos fossem novos. Por isso, no momento da compra é preciso verificar muito bem o produto, procurar por alguma etiqueta com o título refurbished” ou descrições na caixa com a letra R ou RB. Outra dica que pode ajudar é com relação ao número de série que se estiver divergente entre a caixa e o produto com certeza há algo errado.

Fique atento também aos pacotes. Procure ficar por perto no momento das embalagens.

DICA OURO #3 – QUANTO POSSO TRAZER DO PARAGUAI?

Outra dúvida muito comum é a quantidade de produtos que podem ser trazidos do Paraguai. Existe um valor máximo de compra de U$ 300 (trezentos dólares) por pessoa autorizado pela Receita Federal. Caso ultrapasse esse valor, será cobrado 50% sobre o valor do excedente. Uma orientação muito importante é sobre a periodicidade de ida ao Paraguai. Você só está isento uma vez por mês. Caso retorne pela 2ª vez no mesmo mês, então será taxado. Uma dica legal é que se você for de carro, tente levar alguns amigos, dessa maneira você pode dividir a cota entre eles viabilizando suas compras.

Outro detalhe importante é que se você for levar alguma eletrônico, como por exemplo uma câmera fotográfica, pode ser que a fiscalização gere algum incômodo e geralmente eles pedem nota fiscal. Como praticamente a maioria não anda com a nota fiscal no bolso, o ideal é realizar o procedimento de preenchimento de Declaração de Saída Temporária – DST quando estiver saindo do Brasil que pode ser feito na Aduana da fronteira.

E tratando-se de nota fiscal, não esqueça de solicitar sua nota ao comprar os produtos nas lojas, pois é através deles que você terá como comprovar os valores de compra. Fique atento também que não é permitido comprar produtos em quantidade, pois isso caracteriza você como revendedor. As quantidades de produtos são:

  • 1 (um) item – Instrumentos musicais;
  • 15 (quinze) itens – Artigos de bazar;
  • 12 (doze) itens – Vestuário sendo 3 (três) itens de cada peça;
  • 01 (um item) – Componentes de informática;
  • 5 (cinco) itens – Relógios;
  • 02 (dois pentes) – Memória para computador;
  • 02 (dois itens) – Eletrônicos;
  • 15 (quinze itens) – Brinquedos (máximo de cada modelo);
  • 2 (dois) itens – Instrumentos elétricos;
  • 12 (doze) garrafas ou litros – Bebidas destiladas ou fermentadas;
  • 05 (cinco) itens – Perfumes e cosméticos, sendo no máximo 03 (três) itens de cada tipo;

 

DICA OURO #4 – O QUE É PROIBIDO TRAZER?

Alguns produtos são expressamente proibidos de comprar no Paraguai, portanto não tente burlar a lei ou enganar a fiscalização, isso pode acarretar em sérios problemas com a justiça brasileira. Veja alguns itens abaixo:

  • Produtos em alta quantidade que podem significar ato de revenda;
  • Quaisquer veículos automotores como: Automóveis, motocicletas, motonetas e trailers;
  • Qualquer tipo de Aeronaves e embarcações;
  • Motos aquáticas e similares:
  • Cigarros e bebidas fabricados no Brasil, destinados à venda exclusivamente no exterior;
  • Menores não podem importar Bebidas alcoólicas, fumo, cigarros;
  • Drogas ou Substâncias entorpecentes;

 

DICA OURO #5 – MÉTODO DE PAGAMENTO NAS LOJAS

A maioria das lojas aceitam a moeda guarani, Real e Dólar, mas dependendo do porte da loja podem aceitar também cartão de crédito (internacional). Lembrando que a utilização do cartão de crédito pode não ser tão interessante pois geralmente é cobrado uma taxa de 5% a 10% sobre o valor além do nosso querido IOF de 6,38%, uma pequena gentileza das operadoras de cartão de crédito. Então no final das contas, você precisa contabilizar em média 15% a mais de custo. Então, a melhor opção é levar consigo dólares que podem ser adquiridos nas casas de câmbio do Brasil. E aqui vale uma dica, procure períodos onde o dólar está em baixa. Muitas pessoas se frustram pois esquecem desse pequeno detalhe.

DICA OURO #6 – INDICAÇÃO DE LOJAS

A melhor maneira de realizar as compras no Paraguai com segurança em lojas confiáveis e não correr o risco de comprar produtos falsificados é a pesquisa aliada com as indicações de pessoas que já foram. Em Pedro Juan, você tem a opção de comprar no Shopping China, com estacionamento próprio e mais de 220.000 itens com mais de 81 anos de tradição. Na Ciudad del Este você pode visitar o Shopping del Este, outro local que você pode comprar com tranquilidade pois fica próximo dos ônibus e vans. A Compubras e a Naveshop são outras 2 (duas) lojas famosas com vários produtos de informática. Também tem uma galeria muito conhecida chamada galeria Sax com diversos produtos e artigos com marcas famosas. Se você é fã dos produtos Victoria Secrets não deixe de visitar a loja Elegância. Outro shopping que vale a pena conferir é o Shopping Monalisa com grande variedade de perfumes e acessórios femininos.

Consulte sempre amigos que já foram e procure por referência de vendedores que possam lhe ajudar com dicas de preços e chegadas de novos produtos. Quanto tiver a possibilidade, tente utilizar ferramentas de contato como o Skype (algo comum para os lojistas), pois dessa maneira você poderá estreitar a relação cliente/empresa e terá a possibilidade de obter algum desconto e ficar por dentro de qualquer oferta que a empresa estiver oferecendo.

Para concluir, ressalto o cuidado que se deve ter ao realizar as Compras no Paraguai, preferencialmente não vá sozinho, procure não se aproximar de confusões ou tumultos, compre em lojas grandes e procure não carregar bolsas grandes ou carteiras na mão. Desejo excelentes compras a todos e um grande abraço.

 

Alguma dúvida ou sugestão? comente abaixo!

Gostou? Compartilhe!