DÓLAR HOJE – COM A COTAÇÃO EM ALTA, AINDA VALE A PENA IMPORTAR?
4.6 (92.5%) 8

É viável importar com o dólar em alta?

Como todos sabemos o mercado financeiro internacional é regido quase que praticamente pelo dólar. As grandes bolsas de valores são definidas pela alta e baixa dessa moeda que tem um impacto significativo na relação dos preços dos produtos e serviços. E a cotação do dólar no Brasil é muito importante para aqueles que já importam produtos ou que pretendem iniciar essa jornada do mundo da importação.

E nossa conversa trata-se do seguinte: Seria viável com a cotação do dólar hoje, especificamente em R$ 2,65 (13/12/2014) realizar as importações? Sabemos que a cotação subiu cerca de 15% se compararmos com o mês de maio deste ano e cerca de 32% em abril de 2013 onde a cotação estava com R$ 2,00. E a resposta definitivamente é SIM. Com certeza mesmo com essa variação ainda é muito vantajoso e rentável realizar as importações.

Veja também!

 

Temos que pensar no seguinte, essa variação de preço por conta da alta do dólar é inevitável e imprevisível. Em qualquer negócio são vistos os reflexos da economia internacional nos setores comerciais brasileiros e a importação não é diferente. Você tem uma grande vantagem pois necessariamente não precisa de uma enorme estrutura para oferecer seus produtos, tudo já está pronto. Então, o que te impede? Veja abaixo 3 argumentos fortes para que você verifique que vale a pena:

Argumento #1 – LUCRO

lucro presumido

 

Pessoal, é incontestável que os lucros obtidos da importação podem chegar a 200% dependendo do produto, mas em média não menos que 100%. Por isso, se avaliarmos a alta da cotação do dólar em relação aos lucros obtidos o que acontece é uma pequena variação dos lucros. Quando a cotação está baixa ganha-se mais e obviamente na alta do dólar esse lucro é um pouco menor, mas nada que comprometa definitivamente os seus lucros. O fato do dólar hoje está mais alto não significa que não é viável realizar as importações. O que você precisa fazer são pesquisas por preços melhores, pois os sites de compras conhecem muito bem as sazonalidades devido ao impacto comercial mundial e criam estratégias para oferecer descontos e ofertas para cada nicho.

Existem produtos onde o percentual de lucro é extremamente alto. Temos como exemplo os brinquedos, celulares, tablets, roupas, em que algumas marcas tendem a ter uma diferença de preço muito grande e isso facilita o trabalho de importação no sentido da revenda, pois tem preços extremamente atrativos e que você pode repassar com uma ótima margem. Isso acontece porque no Brasil os impostos são um dos mais absurdos do mundo.

De dois anos para cá o dólar tem subido uns 30% em média, meses que sobem e meses que descem, ou seja, a tão conhecida variação que se apresenta a cada dia, mas que até agora não comprometeram de forma muito significativa o trabalho de importação.

Argumento #2 – PRODUTOS ESPECÍFICOS

Outro argumento que menciono aqui e que se apresenta de forma muito forte são os produtos que não são encontrados com facilidade no mercado brasileiro ou até mesmo aqueles que demoram para chegar, seja devido o preço, burocracia ou até mesmo os impostos altos. E nesse caso o valor do produto não é um entrave e nem muito menos um problema, simplesmente existem pessoas querendo comprar o produto e o produto não está disponível. Então, o dólar de hoje ou de amanhã não será uma dificuldade para você, porque existe uma demanda já estabelecida para comprar o seu produto independentemente do preço, pois são clientes que priorizam a obtenção da mercadoria e não se importam o quanto vão pagar.

Obviamente que é um público-alvo com necessidades específicas em busca de produtos específicos e cabe a você encontrá-los. Pode ter certeza que eles também estão à sua procura.

Argumento #3 – ALMA DE EMPREENDEDOR

empreendedor

 

Os empreendedores de plantão sabem muito bem transformar dificuldades em oportunidades e o trabalho de importação não é uma tarefa fácil. É preciso dedicação, muita pesquisa de mercado, um garimpo infindável por novos fornecedores na busca por melhores preços, fretes e condições e claro, profissionalismo para a divulgação e venda dos produtos.

Por isso, a preocupação com o dólar de hoje ou como será a cotação no mês que vem não pode ser motivo para que você desanime ou até mesmo desista. Perceba que enquanto os impostos no Brasil forem altos e absurdos, mais e mais pessoas estarão dispostas a comprar seus produtos com preços melhores.

Não pense que seu trabalho é simplesmente importar qualquer produto. Faça uma análise do mercado, pesquise e encontre os melhores caminhos. Quer uma dica? Seja curioso e não se contente com as ferramentas que você possui. Vá em busca de novos horizontes, pois o mercado é grande e com oportunidades a sua disposição. Tenha certeza do seu potencial. Desejo Sucesso a todos e até a próxima.

 

Alguma dúvida ou sugestão? comente abaixo!

Gostou? Compartilhe!