IMPORTAR PEÇAS DE CARROS – VALE A PENA?
4.75 (95%) 16

Realmente compensa importar peças de carro?

 

Meus parabéns! Você acaba de comprar um carro importado, usado ou novo não importa, porque a adrenalina está a mil por hora e você só quer saber de curtir seu carrão com opcionais que nem chegaram no Brasil ainda. Preferiu comprar uma BMW do que um nacional que custaria o mesmo preço. Mas então, o inevitável acontece. Você precisa fazer a manutenção do carro e cai para trás quando começa a pesquisar os preços.

Essa é uma realidade que muitos se deparam quando precisam comprar peças para carros importados. Os preços praticados no Brasil são um tremendo absurdo e você praticamente fica à mercê do que o mercado estabelece. Na verdade, os comerciantes de lojas de peças para carros acabam se aproveitando dessa realidade e colocam um valor bem acima do que deveria ser, pois sabem que as pessoas não têm muita escolha e terão que pagar o preço que for determinado.

Veja também!

 

Também existem casos onde as peças não estão disponíveis e os lojistas determinam prazos que podem variar de 30 a 90 dias para chegar. Imagine a situação, onde você utiliza o carro para trabalhar ou para viajar e o carro precise ficar parado por 3 meses por falta de peça. Realmente é de estressar qualquer pessoa.

Portanto, se você quer saber se vale a pena importar peças para carros, posso lhe dizer com toda certeza que sim. Claro que existem casos e casos. Assim como em qualquer importação é preciso verificar todos os custos como preço, frete, imposto caso seja taxado, tempo, ou seja, é preciso avaliar e pesquisar para que o barato não saia caro. Vamos enumerar algumas situações em que realmente vale a pena a importação de peças de carros:

1 – PREÇO

peças de carro

 

Bem, como primeira situação temos o mais importante, o preço. Afinal de contas nosso intuito é economizar. Você pode até não acreditar, mas em alguns casos, as peças importadas podem ter um valor até 10x menor que o valor da peça aqui no Brasil. Essa diferença pode ser ainda maior quando se trata de peças de carros antigos, pois como são difíceis de encontrar existe um abuso dos lojistas. Uma dica que dou é para que pesquisem bem os preços pois mesmo lá fora a diferença entre os sites pode ser significativa.

 

 

2 – ATRAVESSADOR

Como já falei anteriormente, muitas vezes as peças não estão disponíveis no Brasil e pode acontecer do lojista não está tão familiarizado com a importação e acaba pedindo ajuda a uma terceira pessoa, ou melhor dizendo, um atravessador. Isso não é bom, pois a tendência é que o preço da peça fique ainda mais caro pois todos precisam ganhar mas é você quem paga a conta final. E você pode até falar que jamais pagaria um valor absurdo pela peça, mas posso lhe garantir, que se você estiver precisando do carro para algo muito importante, você pagará e ainda vai agradecer. Isso acontece porque o carro só quebra quando você mais precisa.

3 – PRAZO DE ENTREGA

Aqui vai outro argumento muito forte. Você comprou a peça, pagou caro mas ela só vai chegar daqui a 60 dias. As peças para carro têm uma fiscalização mais rígida na Receita Federal e por conta disso a maioria acaba sendo verificada e como tudo no Brasil é extremamente rápido, o jeito é esperar. Outro fator que acaba prejudicando o tempo de espera é o fato das pessoas que importarem as peças para você não terem um conhecimento aprofundado de importação e acabam utilizando os métodos mais longos e a forma mais lenta para trazer a peça, sem falar que os 60 dias facilmente irão se tornar em 90 dias, pois o comerciante não queria perder o cliente e mencionou um prazo menor e como você já pagou, o jeito é esperar.

Agora, se você optar em realizar a importação, poderá determinar um prazo bem menor se utilizar os fretes Courier como a DHL, UPS ou FEDEX. Essas modalidades são muito mais rápidas e o prazo médio de entrega é de aproximadamente 15 dias. O valor será um pouco mais alto, mas não irá se comparar ao valor cobrado pelo comerciante.

4 – FRETE

peças de carro

 

Aqui vale como uma dica. Quando você for importar peças de carros importados utilize uma empresa de redirecionamento de encomendas, eu sugiro a Shipito. A maioria das empresas dão desconto para entregas nos EUA e mesmo que enviem diretamente para o Brasil o valor seria muito maior.

 

 

5 – IMPOSTO

Claro que nem tudo são flores e infelizmente a maioria das peças para carros importados são taxados, isso acontece porque a fiscalização é mais rígida. Mas na grande maioria o valor final acaba valendo a pena se compararmos com a compra da peça no Brasil através de um lojista. O que você precisa ficar atento é sobre o valor da importação, pois para importar como pessoa física o valor não pode ultrapassar U$ 3.000,00 (três mil dólares), lembrando que esse valor contabiliza o valor da peça + seguro + frete.

Com essas informações fica evidente que a importação para carros vale a pena, mas não esqueça a máxima da pesquisa e verifique os valores contabilizando tudo para que você possa comparar aos valores praticados no Brasil e claro, veja qual a sua necessidade em relação ao prazo de entrega da mercadoria. Um grande abraço e até a próxima.

 

Alguma dúvida ou sugestão? comente abaixo!

Gostou? Compartilhe!