UNIDADE DE TRATAMENTO INTERNACIONAL – BRASIL
4.67 (93.33%) 6

Entenda como funciona a UTI

Em qualquer operação de importação, seja dos EUA, da China ou de qualquer lugar do mundo, temos como ferramenta de apoio o número de rastreio da mercadoria. Essa numeração é utilizada para que possamos verificar em que processo de envio a mercadoria se encontra. Esse processo é muito importante pois podemos nos certificar que o produto foi remetido de forma adequada, com isso temos a certeza de que o produto saiu do local de origem e que tem como destino o país, no caso o Brasil ou qualquer outro local que você tenha determinado. Imagine você aguardar 60 dias por um produto e não ter nenhuma informação do status de envio, com certeza seria um stress a cada importação.

Esse rastreio também facilita o atendimento dos fornecedores que podem inclusive criar ferramentas dentro do próprio site de compras para que o cliente consiga visualizar sem precisar enviar centenas de e-mails ou mensagens perguntando sobre a situação de envio.

Veja também!

 

 

Logo que a mercadoria chega ao Brasil ele passa por um setor dos Correios Internacional conhecido como UTI (Unidade de Tratamento Internacional – Brasil). Essa unidade nada mais é que um departamento de triagem que está ligado a Receita Federal. Portanto, quando você verificar o “status” pela numeração de rastreio e tiver a informação “Em transito para Unidade de Tratamento Internacional – Brasil” significa que mercadoria está sendo encaminhada para a triagem dos Correios com a Receita Federal.

Nessa triagem, os produtos são fiscalizados e dependendo da vistoria podem ser liberados, taxados ou confiscados. O processo inicia através de um raio-X que verifica alguns aspectos do produto para a constatação ou não de alguma ilegalidade. Como todos sabem alguns produtos são proibidos de importar, sendo:

• Cigarros e bebidas fabricados no Brasil, destinados à venda exclusivamente no exterior
• Cigarros de marca que não seja comercializada no país de origem
• Brinquedos, réplicas de armas de fogo
• Espécies animais da fauna silvestre sem um parecer técnico e licença
• Espécies aquáticas para fins ornamentais e de agricultura
• Produtos assinalados com marcas falsificadas, alteradas ou imitadas
• Produtos pirateados
• Organismos geneticamente modificados
• Agrotóxicos
• Mercadoria que ferem à moral, aos bons costumes, à saúde ou à ordem pública 
• Substâncias entorpecentes ou drogas

 

Nessa etapa, caso haja alguma dúvida a mercadoria poderá ser encaminhada para ANVISA, IBAMA, VIGIAGRO ou Departamento do Exército e com certeza o prazo para liberação será bem maior.

CTCI – CENTRO DE TRATAMENTO DO CORREIO INTERNACIONAL

Unidade de tratamento internacional

 

Caso o produto seja liberado, será encaminhado para o CTCI (Centro de Tratamento do Correio Internacional) onde é feito uma análise e possível taxação da mercadoria. O CTCI é uma divisão dos Correios e está dividida em três unidades: Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Geralmente a CTCI de São Paulo atende encomendas expressas, a do Rio, não expressas acima de 1 Kg e a de Curitiba todo tipo de encomendas.

Um dos maiores problemas aqui é que como o código do rastreio é atualizado manualmente, pode acontecer de sua mercadoria já ter sido liberada mas constando no sistema ainda no processo anterior. Esse problema é resultante de uma imensa demanda de encomendas que chegam a cada instante. Claro que eles deveriam ter uma estrutura toda montada e preparada para suportar essa demanda, mas infelizmente não é isso o que acontece. Isso dificulta muito o acompanhamento e faz com que não haja uma confiança 100% no processo.

TRIBUTADO

Se no “status” do seu rastreio aparecer “Em trânsito para RFB – TRIBUTADO-EMISSÃO NOTA TRIBUTAÇÃO/BR”, significa meu amigo que você foi taxado. Não é uma notícia muito agradável, mas você precisa entender que qualquer importação corre o risco de ser tributado. Com isso, seu produto é reenviado para a Unidade de Tratamento Internacional, onde será verificado e encaminhado para o CTE (Centro de Triagem de Encomendas), lembrando que será enviado para o CTE do seu estado ou do estado de destino da mercadoria. Após isso, será enviado para a CDD (Centro de Distribuição Domiciliar) que praticamente é o setor dos Correios responsável para o envio final ao cliente.

Caso você tenha sido taxado, receberá uma notificação para que compareça a uma agência dos Correios mais próxima para pagar o imposto e assim ter o direito de retirar o produto. Lembrado mais uma vez que é possível fazer uma contestação pois você tem direito, a não ser claro que seja óbvio demais, mas se tiver dentro da situação de valores até U$ 100 (cem dólares) em um produto compatível com o valor, vale a pena brigar pelos seus direitos.

Para problemas com os produtos como quebrado, rasgado ou danificado, você pode entrar em contato com a Unidade de Tratamento Internacional através do telefone 0800-725-7282 ou 3003-0100. O atendimento é bem amplo e atende de Segunda à Sábado das 8h às 20h e aos Domingos das 8h às 18h. Também é possível enviar um e-mail para prctegeara@correios.com.br .

Espero que a informação tenha sido bastante útil e que você possam aprender cada vez mais sobre os processos e características da importação. Um grande abraço e até mais.

 

Alguma dúvida ou sugestão? comente abaixo!

Gostou? Compartilhe!